top of page
  • Writer's pictureRodrigo Bandeira

Você é maior que a sua dor!

Não sei quanto a você mas a vida não parou pra mim quando eu estava emocionalmente afetado, era como se ela não ligasse se eu estivesse em dor. Minha vontade era que o mundo parasse e notasse a minha dor.

Você é maior que a sua dor!

Mas como todos podem lembrar a terra não parou de girar, o sol continuou a nascer dia após dia e os cachorros não ficaram sem latir por que eu estava mal. Era necessario cuidar das minhas feridas e tambem continuar, mesmo se eu estivesse sentindo o peso do mundo nas costas ou o coração dilacerado com uma perda.

Você é maior que a sua dor!

Nesses momentos em que a vida fazia isso uma das coisas que me afetavam bastante eram as cobranças principalmente de pessoas proximas.Eu achava que seria justo que ninguem me cobrasse mais nada pois eu já estava mal, e não entendia como eles não viam a dor que pra mim era enorme, na minha cabeça ela deveria ser vista do espaço não deixando nada a desejar para a muralha da china.

Você é maior que a sua dor!

Exageros a parte, levei um bom tempo para entender e cuidar das minhas dores e ter uma outra perspectiva da cobrança que a terapia me trouxe e que hoje trago para você.Quando estamos fixados na nossa dor ou até mesmo fugindo dela, podemos desejar que todo mundo perceba junto de nós a nossa dor. Saimos fora do tempo e incoscientemente queremos ser acolhidos e que vejam nossa fragilidade e assim cuidem de nós. Mas esse desejo pode ser demonstrado atraves de uma reação muito parecida com o conceito das placas de NÃO PERTURBE nos quartos de hotel.


Uma mensagem clara e direta de indisponibilidade demonstrada pelos nossos atos.E no meio desse movimento como a vida não para, podemos ser cobrados por algumas pessoas para que façamos algo a respeito, o famoso reage, voce consegue, dá um jeito nisso. Sempre tem alguem batendo na porta!


E pode parecer um ato de insensibilidade, falta de empatia, parece até que essas pessoas incrivelmente não estão vendo o tamanho da sua dor. MAS...Já pensou que quem te cobra uma reação só faz isso porque acredita que você tem como fazer algo a respeito? Se realmente alguém acreditasse que voce não tem condições de fazer algo o mais logico seria largar de mão, deixar de lado, desistir de você, então porque alguém te vendo em dor ainda te cobraria uma reação?


E que as vezes essa é a unica verdade, elas não veem o tamanho da sua dor, elas veem o seu real tamanho, e vc é maior que a sua dor. A dor está em você, ela não é você! Mas o que mais tem em voce que os outros podem ver? Essas pessoas estão te vendo além da sua dor, pelas suas potencias, por tudo aquilo que você já fez e ainda é capaz de realizar.Já pensou nisso? em momento algum digo que a dor não existe, mas talvez vc só não esteja vendo o que existe alem da sua dor.


Uma amiga minha me disse uma vez que ela conseguia ver como as pessoas são com certa facilidade, sabia como as pessoas pensavam e agiam em pouco tempo com elas e que ela queria poder se ver com a mesma facilidade.Naquele momento de angustia a fala dela trazia esta dor em não poder usar esta habilidade com ela mesma, ela não conseguia motivar a si mesma com mesma facilidade que motivave os outros, pois com os outros ela via nitidamente alem da dor tudo o mais que a outra pessoa tinha, suas qualidades, seus potenciais, suas vontades. Nesse momento percebi uma grande verdade sobre a percepção e a cobrança.


E se alguem te enxergasse e visse suas pontencialidades, suas qualidades nitidamente vc acha que esta pessoa iria te falar sobre a sua dor ou sobre as suas forças que voce não esta vendo? Ela ia a todo instante tentar fazer vc mesmo enxergar as suas qualidades que pra ela são nitidas, cristalinas como agua pura na fonte.institintivamente fazemos isso com algumas pessoas ao nosso redor.

Você é maior que a sua dor!

Então aquele amigo, parente ou colega de trabalho que parece não admitir sua dor pode realmente não estar vendo ela. A cobrança deles pode ser um apelo a sua potencia escondida de você mesmo, que voce não percebeu ainda.Em momento algum estou sugerindo você neglicenciar sua dor e passar por cima de seus sentimentos ou atender aos apelos dos outros sem criterio algum. Sem romantizar o sofrimento e a dor ok?


Eu falo para voce perceber que em voce tem uma potencia por tras dessa dor. E que algumas pessoas podem ve-la e vão te tratar de acordo com esta potencia e nao com a sua dor. Meu desejo é que vc possa se ver com os olhos de quem ja viu as tuas potencialidades, e te ve além da dor que vc possa estar sentindo.


É preciso aprender a se ver alem da propria dor para aprender como voce pode ser visto por algumas pessoas, assim como vejo meus assistidos. Através das suas forças e capacidades.


Esta é a minha contribuição, se te servir leve para vida.

Rodrigo Bandeira.



Recent Posts

See All
bottom of page