top of page
  • Writer's picturePatricia Lenharo

Quanto você aprecia sua própria companhia?

Olá Buscadores!!

Em nome da nossa constante busca por garimpar nossa essência trago aqui mais uma reflexão..

Quanto você aprecia sua própria companhia?

Muitas vezes, estamos tão ocupados em nossas rotinas e atividades que não nos permitimos ouvir nosso próprio silêncio.

Esse silêncio pode ser assustador, pois nos leva a olhar para dentro de nós mesmas e enfrentar aspectos que talvez preferiríamos evitar.


No entanto, é importante entender que essa conexão consigo mesma é fundamental para o autoconhecimento e a construção de uma vida mais leve.

Por isso, convido você a se deliciar com sua própria companhia, a se permitir ficar em silêncio e ouvir o que sua alma tem a dizer.

Seu silêncio fala muito sobre quem você é, sobre seus desejos, medos e ansiedades. E é preciso estar aberta e receptiva para ouvir essas mensagens e usá-las como guias para sua vida.

Quanto você aprecia sua própria companhia?

No entanto, sei que nem sempre é fácil lidar com nossos próprios pensamentos e emoções. Podemos ter medo de enfrentar nossas sombras, de aceitar nossas limitações e dificuldades. Mas é importante lembrar que todos temos aspectos positivos e negativos, e que é justamente essa complexidade que nos torna únicos e essenciais.


Talvez seja necessário buscar ajuda para lidar com essas questões, seja por meio de terapia, meditação ou outras práticas que te ajudem a se conectar consigo mesma. Mas lembre-se de que o autoconhecimento é libertador e pode nos conduzir a uma vida mais suave e plena.

Pergunte a si mesma: como você se sente na sua própria companhia?

  • Você se condena por ser quem é?

  • Quais são seus medos e anseios mais profundos?

  • Quais são seus talentos e habilidades únicas?

Ao responder a essas perguntas, você pode descobrir aspectos desconhecidos ou subestimados de si mesma, que podem ser uma fonte de alegria e realização.


E, lembre-se de que não há problema nenhum em buscar a companhia de outras pessoas, desde que essa ausência não te cause desespero.

Espero que essas palavras possam te inspirar a se conectar consigo mesma e gostar mais de sua própria companhia.


Lembre-se de que você é única e essencial, com propósito que só você pode descobrir. E que o autoconhecimento é um processo contínuo, que pode te levar a uma vida muuuito mais gostosa!


Um abraço quentinho e até a próxima!!

Patrícia Lenharo.



Recent Posts

See All
bottom of page